Novo Volkswagen Passat GLE já tem preços

Publicado em 2 de Fevereiro de 2016 |

A Volkswagen está a eletrificar os seus modelos – depois do sucesso do Golf GTE é agora a vez do Passat GTE, que chegará a Portugal em março. O Passat GTE é um modelo híbrido “plug-in” que possibilita uma condução com emissões zero, estando apto para realizar longas viagens em família ou em trabalho. O Passat GTE é um veículo que não só destaca um dos sistemas de propulsão mais vanguardistas no momento atual, como também oferece uma inovadora gama de sistemas de assistência à condução, de informação e de entretenimento que estabelecem as referências no seu segmento, como o caso do “App-Connect”, podendo integrar os smartphones no sistema a bordo de forma fácil e intuitiva.

Com uma potência total de 218 Cv, um consumo de apenas 1,6 l/100 km (segundo a norma NCCE) e 12,2 kWh/100 km (Variant: 12,4 kWh), registando uma autonomia máxima em modo elétrico de 50 quilómetros, o Passat GTE estabelece referências de eficiência no seu segmento. Em condições normais, o novo Volkswagen arranca sempre em modo elétrico sem emissões. O “E-Mode” pode ser ativado manualmente através de um botão, por exemplo, quando o destino final de uma longa viagem é uma zona urbana.

Volkswagen Passat GTE

Deste modo, e nalgumas cidades europeias, os condutores do Passat GTE não estão sujeitos ao pagamento de qualquer taxa de congestionamento. Muitos dos condutores que circulam, em cidade, conduzem o Passat GTE quase exclusivamente em modo elétrico. Segundo alguns estudos realizados – por exemplo, pelo Ministério Federal de Transporte alemão – aproximadamente 80% dos condutores, que se deslocam diariamente para o seu local de trabalho e efetuam pequenos percursos, conduzem menos de 50 quilómetros por dia.

Factos importantes sobre o novo Passat GTE:

1. A previsão da Volkswagen para o volume de vendas mundial dos veículos híbridos “plug-in” (PHEV) é que quadruplique até 2018, aumentando para 893.000 unidades.
2. Até 2022 antevê-se um volume de vendas anual de 3,3 milhões de PHEV.
3. O Passat GTE é o primeiro híbrido “plug-in” da Volkswagen que oferece as versões Limousine e Variant.
4. O novo Passat GTE desenvolve uma potência total máxima de 218 Cv.
5. O Passat GTE arranca automaticamente, em condições normais, no modo elétrico “EMode” sem emissões.
6. Esta versão do Passat pode alcançar uma autonomia até 50 quilómetros sem emissões no modo “E-Mode”.
7. A autonomia, com o depósito de combustível cheio e a bateria com carga máxima é de 1050 quilómetros. Por exemplo, Lisboa-Bayonne no sul de França sem reabastecer.
8. Os valores de consumo e de emissões de CO2, segundo a norma NCCE, são de apenas 1,6 l/100 km e de 37 g/km respetivamente.
9. O Passat GTE pode atingir uma velocidade máxima em modo híbrido de 225 km/h. A velocidade máxima em modo exclusivamente elétrico “E-Mode” é de 130 km/h.
10. Faróis em LED, sistema de navegação “Discover Pro”, “Front Assist” e “City Emergency Braking” pertencem ao equipamento de série.

A Volkswagen divulgou os preços para o mercado português do Passat GTE, que estará à venda a partir de março. A versão híbrida plug-in, que estará disponível na versão limousine, de cinco portas, e Variant, uma carrinha, com preços a partir dos 45 810 e 48 757 euros, respetivamente. O Passat GTE anuncia 218 cv de potência e uma autonomia estimada de 1050 km. Os consumos são de 1,6 l/100 km e possui autonomia em modo elétrico para até 50 km.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *