Veículos eléctricos híbridos

Publicado em 14 de Novembro de 2009 |

Os Veículos Eléctricos híbridos integram duas fontes de energia num único veículo, combinando um motor de combustão convencional e um motor eléctrico. A bateria armazena a energia eléctrica produzida pelo motor de combustão, fornecendo-a ao motor eléctrico que a transforma em energia mecânica. O motor de combustão, que tem como fonte um reservatório de combustível, pode accionar o gerador que carregar a bateria ou accionar directamente as rodas.

Este tipo de veículos combina características positivas dos veículos com motores de combustão internas como a autonomia e a disponibilidade de potência, com características de motores eléctricos como menor ruído, gestão da potência, menor consumos e reaproveitamento da energia.

Comercialmente e do ponto de vista do consumidor privado, os híbridos têm ganho algum reconhecimento, dado a poupança no consumo de gasolina e gasóleo, já que os preços do gasóleo dispararam também.
Em diversos países a compra de veículos híbridos beneficia de abatimentos no IRS.

Existem essencialmente três tipos de Veículos Eléctricos Híbridos:
Série: o motor a combustão acciona o gerador para gerar energia eléctrica, e o gerador pode tanto carregar as baterias ou alimentar um motor eléctrico que acciona as rodas.

Paralelo: a unidade de conversão e o motor eléctrico estão ligados directamente às rodas do veículo. Normalmente, o motor primário é usado e o eléctrico fornece o extra em subidas, acelerações e outros períodos de maior necessidade.

Split: Existem também veículos que usam as duas configurações, sendo a primeira para condução na auto-estrada (dado o baixo consumo e a maior eficiência do motor de combustão) e a segunda configuração para condução a baixas velocidades.

Tecnologia
Algumas das vantagens dos veículos híbridos tem como base as seguintes tecnologias:

Travagem regenerativa: ao travar o veículo ou em descidas, as rodas passam a fornecer energia ao motor eléctrico, o qual funciona como um gerador fornecendo energia eléctrica às baterias.
Paragem automática: quando o veículo está imobilizado ao ralenti, o motor desliga-se “consumo 0”, ligando-se automaticamente quando se acciona o acelerador ou engrena uma mudança. A economia de energia e tanto mais significativa quando efectua percursos citadinos.
Assistência à tracção: no caso de maior necessidade de potência como numa ultrapassagem ou subida acentuada, o motor eléctrico fornece a potência adicional. Em casos de funcionamento em regimes de baixa velocidade, o motor eléctrico fornece toda a energia para movimentar o veículo, uma vez que os motores de combustão interna são menos eficientes nos baixos regimes.

Vantagens

  • Economia de 30% a 50% no consumo de combustível.
  • Redução na emissão de poluentes na atmosfera.
  • Flexibilidade de usar combustíveis a base de petróleo ou alternativos.
  • Redução do ruído
  • Maior autonomia

toyota-prius-hybrid-system

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *