Transporta-Go e CTT vão testar camião elétrico

Publicado em 11 de Julho de 2014 |

A Transporta-Go Express e os CTT Correios de Portugal são duas das oito entidades que irão testar em condições reais de operação e nos próximos doze meses camiões de distribuição totalmente eletricos Fuso Canter E-Cell, ao abrigo de um protocolo estabelecido com a Mitsubishi Fuso Truck Europe, a Daimler Trucks e a Mitsubishi Motors de Portugal. As restantes cinco unidades, já entregues, irão ser operadas por três autarquias – Lisboa, Porto e Abrantes – e pela REN.

As unidades do Fuso Canter E-Cell têm por base a versão com distância entre-eixos de 3.400 mm, cabina simples com nível de equipamento Comfort e peso bruto de seis toneladas. Os camiões ligeiros estão carroçados com caixas de carga aberta de 4,3 metros de comprimento ou fechada de 4,4 metros. O Canter E-Cell dispõe de um motor elétrico que desenvolve uma potencia máxima de 110 kW (150 cv) e um binário de 650 Nm. A transmissão de força para o eixo traseiro é efetuada de forma direta. As quatro baterias de iões de lítio de 48,4 kWh estão instaladas em ambos os lados do chassis em dois compartimentos totalmente encapsulados e oferem uma autonomia superior a 100 km, um valor superior à distancia percorrida diariamente pela maioria dos veículos de distribuição de curto raio de ação. A carga das baterias a 230 Volts demora cerca de sete horas, mas com a utilização de um sistema de carga rápida este período pode ser reduzido para uma hora, aumentando a disponibilidade do veículo.

O Fuso Canter E-Cell para a Europa é montado na fábrica do Tramagal, em Portugal, e a entrega destas unidades a este grupo de clientes representa um ponto alto neste ano de aniversário da unidade fabril, que iniciou a produção de camiões há 50 anos.

As unidades do Fuso Canter E-Cell irão ser testadas nos próximos doze meses em vários tipos de operações. A Transporta Go-Express irá utilizar o veículo para entregas porta-a-porta integradas no seu serviço de distribuição em curto raio de ação. Os CTT Correios de Portugal, por seu vez, irão recorrer ao veículo para efetuar transporte entre os seus vários centros de distribuição em Lisboa. A unidade ao serviço da REN irá assegurar transportes na área portuária de Sines. No que se refere às autarquias, a cidade de Lisboa utilizará o Canter E-Cell para trabalhos de jardinagem e eliminação de resíduos, a cidade do Porto como meio de transporte entre os vários edifícios municipais e a cidade de Abrantes também na área da jardinagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *