Tesla atualiza Model S para prevenir incêndios

Publicado em 30 de Março de 2014 |

Após alguns incêndios aparatosos ocorridos com o modelo eléctrico da Tesla Motors, a marca norte-americana decidiu dotá-lo de medidas adicionais de segurança adicionais. Desde 6 de março que os Model S saem de produção com um escudo inferior em titânio e placas deflectoras em alumínio.

Após um estudo, a Tesla concluiu que existia uma semelhança entre os vários incêndios, que se relacionava com a penetração dos módulos da bateria por objetos metálicos de grandes dimensões – vindos de destroços, normalmente causados por acidentes. Agora, graças aos novos componentes do chassis, é possível resguardar o módulo da bateria de eventuais destroços que o possam romper e causar novos incêndios. Também os actuais proprietários do Model S poderão pedir à marca que sejam adicionadas estes componentes nos seus carros.

“É importante notar que não houve ferimentos graves causados pelos fogos”, disse o CEO da empresa. Elon Musk adianta também que “sentimos que era importante trazer este risco para virtualmente zero de modo a tranquilizar totalmente os donos do Model S”, mesmo que as probabilidades de ocorrer um incêndio com um Model S sejam de 1 em 8 000 carros. Segundo a Tesla, um carro a gasolina tem cinco vezes maior probabilidade de incendiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *