Scooters eléctricas

Publicado em 17 de Janeiro de 2010 |

As Scooters e motociclos eléctricos estão a invadir o mercado, muito antes de os carros eléctricos estarem disponíveis por parte dos grandes fabricantes. São várias as marcas e modelos disponíveis em Portugal e as empresas que representam ou vendem este tipo de veículos têm aumentado um pouco por todo o país.

As vantagens deste tipo de veículos são muitas. Em primeiro lugar o destaque vai para a economia. As scooters e motociclos eléctricos são muito mais económicas das que uma scooter ou motociclo tradicional. O custo de utilização anda em média pelos 0,40€ por cada 100km percorridos. Se possuir uma tarifa bi-horaria ainda poderá gastar menos que isto.

O ambiente também agradece, pois estes veículos não fazem ruído, não fazem fumo, nem emitem CO2. São portanto veículos com Zero emissões locais. Além disso são fáceis de conduzir, possuem caixa automática e não têm mudanças. Mesmo a manutenção é reduzida, pois o motor eléctrico não tem as mesma complexidade nem exige a mesma manutenção que um motor de combustão. Acabaram-se as ditas revisões, com óleos, filtros, velas, água, níveis, embraiagem… só deve verificar o nível do óleo dos travões, de resto o material de uso normal pode ser feito em qualquer oficina especializada em motos.

Através dos incentivos introduzidos pelo governo, o custo da Scooter eléctrica é dedutível em IRS em 30%, podendo ser deduzido no campo das energias renováveis até um máximo de 796€ (Consulte o Orçamento de Estado para 2009, Artº 85º, Alínea 2 b) do CIRS). A título de exemplo, para uma scooter com preço de custo de 2500€, depois da dedução, fica apenas por 1750€.

Mas também há algumas desvantagens a ter em consideração. Ao não fazerem ruído, é necessário prestar mais atenção aos peões pois podem não se aperceber da sua aproximação tão facilmente.

Por outro lado o tempo de carga das baterias ainda é um pouco demorado e não existem ainda muitos pontos de carregamento públicos.

scooterelectrica

Outra boa razão para a aquisição de uma scooter eléctrica está relacionada com uma lei que foi aprovada recentemente pela Assembleia da República. Segundo o Decreto-Lei, a “directiva 125”, permite aos titulares da carta tipo B, guiar motociclos até 125cc ou 11kw. Assim, quem possui carta de automóvel está apto a conduzir uma scooter eléctrica, sem necessidade de nenhum exame adicional. Também os jovens a partir dos 16 anos podem tirar a carta de Motociclos Categoria A1, que os habilita a conduzir motociclos até 125cc. ou 11kw.

Este tipo de veículos necessita da utilização de um capacete, o que não se verifica no caso de uma bicicleta eléctrica. É obrigatório também o seguro de responsabilidade civil. Algumas seguradoras poderão ainda não saber como lidar com estes novos veículos, mas já não deverá haver problemas a este nível.

Tal como foi referido são várias as marcas de scooters e motociclos eléctricos à venda no nosso país. Pode consultar alguns dos preços de scooters eléctricas ou preços de carros eléctricos.

Os vídeos seguintes do Minuto Verde e da SIC abordam o tema das scooters eléctricas.

3 Responses to Scooters eléctricas

  1. Rui Filipe says:
    Sem dúvida que é um progresso bastante positivo para a conservação do ambiente. No entanto, ainda tem “contras” que, na altura da compra, na “cara do golo”, faz com que os compradores hesitem. Falo no facto de, apesar de ser prático e fácil “atestar”, o factor tempo acaba por ser pouco atractivo, assim como o investimento inicial que, por vezes, pode não ser vista com bons olhos a curto prazo.
    No entanto, o facto de qualquer detentor da carta de ligeiros poder conduzir este tipo de veículos torna os mesmos bastantes atractivos, assim como a ausência de poluição.
    No meu ponto de vista,o futuro desta inovação só dependerá do tempo e da aderência e receptividade das pessoas a estes novos veículos.
  2. VEpt says:
    Rui, excelente contributo. convido-o a ler a conversa com um dos possuidores de uma scooter eléctrica aqui: http://www.veiculoselectricospt.com/conversa-com-helder-pereira/
  3. joao almeida says:
    gostaria de saber se tanbem posso conduzir uma mota eléctrica destas vendo que tenho so 14 anos será que a policia me pode apreender a mota por eu nao ter ainda os 16 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *