Resíduos de whiskey servem para carregar Nissan Leaf

Publicado em 16 de Agosto de 2011 |

Uma destilaria escocesa com 130 anos, está a lançar uma onda de espanto em todo o mundo ao anunciar que utiliza os resíduos utilizados para produzir whiskey para carregar veículos eléctricos, neste caso o Nissan Leaf.

A Bruichladdich, sediada na ilha da Islay, na Escócia, afirma que a destilação de whiskey resulta de um processo intensivo de utilização de água e energia. Assim, a destilaria desenvolveu um sistema que permite produzir a sua própria electricidade a partir dos resíduos criados por este processo.

No processo de digestão anaeróbica, afirma a Bruichladdich, o biogás produzido pode ser utilizado para gerar energia. Agora, o sistema serve para alimentar a nova frota da empresa, composta por Nissan Leaf.

Para celebrar esta poupança de cerca de 35 mil euros, a destilaria acabou de produzir uma edição limitada de whiskey orgânico… o Leaf, claro.

“O Leaf é espectacular de guiar. O meu carro precisava do combustível mais caro do Reino Unido, e ainda tinha de o importar do continente. A chegada do Leaf possibilitou-me ser o mais auto-suficiente possível”, explicou o dono da destilaria, Mark Reynier.

Acrescentamos que os resíduos necessários para produzir o whiskey eram, até agora, deitados para o mar. Desta forma resolveram dois problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *