Portugal coordena reunião internacional sobre mobilidade susntentável

Publicado em 14 de Novembro de 2011 |

A Agência Internacional de Energia, através do seu grupo de trabalho sobre veículos eléctricos, reuniu em Lisboa de 09 a 11 para discutir os principais avanços no domínio da mobilidade sustentável, designadamente a harmonização das estratégias e dos sistemas de carregamento entre países.

Portugal, representado pela INTELI, assume neste encontro um papel determinante, uma vez que é o único país no mundo com uma rede de mobilidade eléctrica inteligente, integrada e com cobertura nacional. O sistema de mobilidade eléctrica português é considerado um living lab de excelência. Os participantes tiveram a oportunidade de ver em tempo real o funcionamento do MIC (Mobility intelligence Center) o centro de gestão operacional do MOBI.E e testar as funcionalidades do sistema.

Esta rede integrada e inteligente foi um ponto de partida da Agência Internacional de Energia para pensar num projecto de mobilidade sem fronteiras. Também nesta área a experiência portuguesa ganha vantagem no ranking internacional. O MOBI.E tem já no terreno uma experiência piloto para testar a integração dos sistemas de mobilidade entre países.

O projecto MOBI2GRIDestá a ser desenvolvido entre a região Norte de Portugal e a Galiza (corredor Porto/Vigo) tendo por base o sistema MOBI.E. Esta iniciativa, que conta com o apoio da União Europeia, pretende ser um espaço de partilha de actividades de inovação e desenvolvimento económico, envolvendo as diferentes entidades regionais, empresas e universidades. A INTELI vai partilhar com os parceiros esta experiência real de harmonização dos sistemas no espaço europeu, dando ênfase às potencialidades da mobilidade eléctrica enquanto motor de um novo paradigma de desenvolvimento económico sustentável.

A rede MOBI.E é a única no mundo que permite ao cidadão, através de um único cartão, carregar o seu veículo eléctrico seja qual for a marca, o fornecedor de energia ou o operador do ponto de carregamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *