Nissan Leaf entregues a particulares

Publicado em 24 de Maio de 2011 |

“O mês de Maio de 2011 ficará marcado na história da mobilidade eléctrica em Portugal como a data em que a Nissan iniciou a entrega dos Nissan Leaf a clientes particulares”, pode ler-se em comunicado divulgado pela marca.

Depois dos 12 Nissan Leaf vendidos em 2010 e dos 21 registos deste ano (Janeiro a Abril), destinados todos eles a empresas, a Nissan acaba de entregar os primeiros quatro Leaf a clientes particulares, o que totaliza 37 vendas num mercado que se estima de cerca de 70 veículos eléctricos vendidos em 2010 e 2011 em Portugal.

Filipe Morais Sarmento, o primeiro cliente particular do Nissan Leaf, reconhece que desde o primeiro momento em que teve conhecimento do carro ficou determinado a comprá-lo. “Os custos de utilização reduzidos, o ser amigo do ambiente e ter uma manutenção reduzida, foram as três características que mais me seduziram. Por outro lado, confesso que sempre tive um fascínio muito grande por tudo o que é ciência e tecnologia, daí esta ter sido uma compra também emocional. Mas igualmente racional por se tratar de um veículo familiar – ideal para o apoio que dou ao meu neto – e pelos baixos custos de utilização, mesmo para mim que, na zona de Cascais, faço cerca de 30 a 40 quilómetros todos os dias”, pode ler-se no comunicado.

Também Adriano Rodrigues admite que as questões ambientais e o conceito associado às viaturas eléctricas foram as duas principais motivações para adquirir o eléctrico da Nissan. “Quando o vi pela primeira vez na internet gostei bastante. Mais tarde tive um contacto visual e uma pequena experiência ao volante e fiquei rendido… Para além de poder transportar cinco pessoas com todo o conforto, é pródigo em tecnologia, fácil de conduzir, seguro e com acelerações fantásticas”.

No caso de José Oliveira, a consciência ambiental e o desejo de independência em relação aos combustíveis fósseis foram os dois principais factores que motivaram a compra deste modelo 100% eléctrico. “Quando vi as primeiras fotografias fiquei desde logo seduzido, até por ser o mais desenvolvido, o único que tinha características de verdadeiro familiar e até algumas características mais comuns em carros de luxo. Para o meu tipo de utilização, é na realidade a solução ideal, porque apesar de só fazer uma média de 30/40 quilómetros por dia, vou reduzir bastante os custos de utilização e, ao mesmo tempo, reduzir o impacto ambiental”, cita o comunicado.

Por sua vez, Mário José Lourenço refere que as questões ambientais e económicas foram determinantes na decisão de comprar o Nissan Leaf. “Diariamente percorro cerca de 100 quilómetros por dia na região de Coimbra, pelo que este carro é a solução ideal e mais racional. Pelos reduzidos custos de utilização, por ser zero emissões em utilização e porque, na realidade, é uma viatura que surpreende pela positiva em termos de conforto, comportamento em estrada e facilidade de condução”.

No documento oficial divulgado pela Nissan, pode ainda ler-se que Diogo Jardim, Country Director da Nissan Ibéria Portugal, afirmou na entrega do primeiro Nissan Leaf a um particular que “depois de mais de três anos, chegámos hoje a um marco histórico na indústria automóvel nacional. Ao entregarmos os primeiros Nissan Leaf a clientes particulares, fecha-se um ciclo que passou por muitos estudos preliminares, muitas horas de trabalho com o Governo Português e os outros parceiros do consórcio MOBI.E, para definir a melhor forma de implementar aquela que na altura era uma visão pioneira da mobilidade”.

fonte: Mobi-e

One Response to Nissan Leaf entregues a particulares

  1. Vitor Santos says:
    Venham mais artigos como este.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *