Na competição, a electricidade irá substituir os combustíveis normais dentro de 25 anos

Publicado em 3 de Julho de 2014 |

Segundo a pesquisa aos adeptos dos desportos automotores, a gasolina e o gasóleo vão ser coisas do passado dando lugar à eletricidade e ao hidrogénio dentro de 50 anos.

  • Água, ar e outras fontes de energia ainda desconhecidas também serão utilizadas no automobilismo dentro de 125 anos.
  • Estes são os resultados da pesquisa realizada pela Dunlop sobre o futuro como parte do projeto colaborativo entre fãs e especialistas da indústria para criar o carro de competição do futuro: Dunlop Future Car Challenge

A Dunlop, a marca líder de pneus, levou a cabo uma pesquisa para descobrir o que pensam as pessoas sobre o combustível que vai ser usado nos carros do futuro. O estudo pedia aos participantes para partilharem as suas ideias sobre o futuro dos sistemas de transmissão nos próximos 25, 50 e 125 anos como parte do projeto Dunlop Future Race Car Challenge.

greengt-03

Os participantes de diferentes origens e nacionalidades estão de acordo: uma grande maioria (79%) pensa que o uso da gasolina e do gasóleo será uma coisa do passado em apenas 25 anos. Além disso, metade deles (48,8%) pensa que os carros vão funcionar exclusivamente a eletricidade dentro deste prazo.

Em 50 anos, quase metade dos participantes (45,5%) espera que a eletricidade seja superada pelo uso de hidrogénio como fonte de energia. E posteriormente, em 125 anos, a maioria dos inquiridos (53%) acredita que a água, ar e outras substâncias atualmente desconhecidas serão as fontes usadas.

greengt-01

Apesar deste sentimento ser unânime, uma análise mais atenta aos dados demonstra ligeiras diferenças entre países. Por exemplo, os dinamarqueses são os mais apegados à gasolina e gasóleo e são a única nação que acredita que estes vão continuar a ser os principais combustíveis dentro de 25 anos (66%). Tantos os

dinamarqueses como os alemães (83% e 62% respetivamente) não acreditam que os carros propulsionados ​​por hidrogénio sejam populares e pensam que passaremos diretamente da eletricidade a outras fontes de energia ainda desconhecidas.

A maioria dos países (incluindo Espanha, Polónia, Itália e Reino Unido) acreditam que em 50 anos vamos usar o hidrogénio e em 125 anos vamos ter uma combinação de hidrogénio e outros combustíveis. Contudo, os portugueses acham que vamos utilizar carros elétricos durante muito mais tempo (46%), passando para o hidrogénio apenas daqui a 125 anos e deixando “outros carburantes” para um futuro ainda mais distante (51%).

Por outro lado, os franceses estão convencidos que dentro de 125 anos vamos utilizar principalmente “outros carburantes” (57%) e são os mais criativos na hora de sugerir alternativas: desde as sugestões mais populares como a água, energia solar e nuclear até às mais alternativas, os campos magnéticos, lixo reciclado e inclusivamente óleo vegetal.

Ao comentar os resultados das opiniões, James Bailey, diretor de comunicação e relações públicas da Dunlop Motorsport para EMEA, afirma: “Verificamos que os participantes sugerem combustíveis que sirvam tanto para carros de competição como para os das estradas, incluindo eletricidade e hidrogénio”.

Bailey acrescenta: “O Dunlop Future Car Challenge disponibilizou aos fãs do automobilismo e aos especialistas um fórum para partilhar opiniões e ideias sobre a evolução das competições. Assistimos a muitas mudanças desde que a Dunlop venceu a primeira prova há 125 anos, mas raramente temos tido a oportunidade para nos focarmos num futuro tão distante, por isso quando o fazemos é realmente emocionante”.

O Dunlop Future Race Car Challenge é uma reflexão, um projeto de design coletivo que explora o futuro dos carros de competição, mostrando algumas das inovações que a Dunlop teve nos seus 125 anos de história, desde que transformou os desportos motorizados ao inventar o pneu com câmara-de-ar.

Com a colaboração da GreenGT, BAE Systems, Imperial College London e Flybrid Automotive (do Grupo Torotrak), a Dunlop dá uma oportunidade única e emocionante aos adeptos de partilhar os seus pensamentos e ideias sobre a aerodinâmica futurista, transmissões, travões e pneus.

Um famoso designer de carros, que vai ser anunciado no dia 10 de julho, irá combinar as melhores sugestões e maquetas num designinovador que dará vida ao “carro de competição do futuro”. O projeto final será comunicado no dia 31 de julho.

Para mais informação sobre o Dunlop Future Race Car Challenge e o projeto final consulte a página web www.facebook.com/dunlop.portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *