Mestrado de Mobilidade Eléctrica

Publicado em 22 de Fevereiro de 2012 |

O Instituto Politécnico de Coimbra é um dos parceiros europeus envolvido no consórcio do novo Mestrado em Mobilidade Eléctrica e Sistemas de Energia (mobilidade Erasmus), recentemente aprovado pela Comissão Europeia e que deve entrar em funcionamento já no próximo ano lectivo 2012/2013.

O curso é resultado de uma parceria estabelecida entre a Universidade de Oviedo (Espanha) que lidera o projecto, o Instituto Politécnico de Coimbra (Portugal), a Universidade de Nottingham (Reino Unido) e Universidade de Roma La Sapienza (Itália).

No consórcio participam ainda prestigiadas universidades internacionais, nomeadamente a Universidade de Wisconsin-Madison e a Universidade de Illinois (EUA), a Universidade de Santa Maria (Brasil), Universidade Yeungnam (Coreia), a Universidade de Ghent (Bélgica), bem como 16 empresas líderes mundiais no campo da energia e transporte, tais como Siemens, General Electric, HC Energía e Seat, entre outras.

Em comunicado, o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, instituição que irá acolher o mestrado no seu ciclo de estudos, refere que o mestrado, designado Erasmus Mundus Master Course in Sustainable Transportation and Electrical Power Systems (EMMC STEPS) “pretende recrutar estudantes de todo o mundo e proporcionará aos graduados as competências académicas e práticas exigidas para enfrentar as necessidades de um sector de energias renováveis em mudança e crescimento na Europa, contribuindo para a competitividade da indústria europeia no mercado mundial e para os esforços de transformação da Europa numa economia de alta eficiência energética”.

O programa disciplinar debruça-se sobre três áreas fundamentais para os sistemas energéticos presentes e futuros: sistemas de energia, veículos eléctricos/híbridos, eficiência energética e energias renováveis, com forte incidência na inovação, sustentabilidade e eficiência energética. Neste sentido, o mestrado encontra-se estruturado em dois ramos preferenciais: Mobilidade Eléctrica e Sistemas de Energia.

O comunicado adianta que o mestrado pretende “preparar os estudantes para um emprego na indústria através de estágios em empresas líderes mundiais e foi estruturado em estreita ligação com as necessidades dessas empresas”. Os alunos irão frequentar aulas em pelo menos 3 países diferentes.

No final, os alunos que concluírem este grau irão receber um Diploma Conjunto, das universidades que integram o consórcio, de reconhecimento automático pelos quatro países envolvidos: Espanha, Reino Unido, Portugal e Itália e além disso, terão ainda a possibilidade de aceder aos mais prestigiados programas de doutoramento leccionados nas universidades associadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *