IAA 2011: Audi A2 Concept em detalhe

Publicado em 13 de Setembro de 2011 |

O Audi A2 foi apresentado oficialmente em Frankfurt, um certame cheio de novidades na área dos automóveis eléctricos. Nas imagens e desenhos de computador, era possível imaginar um carro muito bem conseguido, mas ao vivo é melhor ainda, com linhas elegantes e soluções de design inovadoras e tecnologicamente avançadas.

Como se trata de um estudo, os designers e engenheiros podem alargar-se e utilizar os conceitos mais inovadores e tecnologia de ponta, mesmo que não seja viável para a comercialização. Algumas dessas soluções e tecnologias incluem: ligação à internet, direcção by-wire, travagem by-wire, farolins com laser, etc.

A Audi tentou reduzir ao máximo o peso do carro, para compensar o peso do conjunto das baterias de 31kWh. Por outro lado a comercialização de um carro deste tipo com todas estas tecnologias e materiais, tornariam o preço do carro proibitivo.

O Audi A2 mostra também como os designers conseguiram uma eficiente utilização do espaço interior, conseguindo ao mesmo tempo um design exterior elegante e ao mesmo tempo com toques de desportividade.

Realmente algumas das soluções utilizadas, poderão no futuro muito bem estar presentes nos carros do dia-a-dia, tal como hoje algumas parecem banais nos nossos carros e outrora foram bastante avançadas.

Exterior
O tejadilho opaco que cobre o Audi A2 Concept torna-se transparente através do accionamento de um botão. Quando é aplicada uma tensão, pequenas partículas integradas no vidro, alinham-se e a luz pode passar através dele. Quando o vidro está opaco, bloqueia também a componente infravermelha da luz quase completamente, escurecendo o interior e contribuindo para uma gestão eficiente da temperatura no interior.

A grelha frontal é outro dos componentes que parecendo banal, não o é de todo. Na parte superior da grelha esconde-se a tomada para o carregamento e entrada para um reservatório de água para arrefecimento. A parte inferior da grelha serve para arrefecimento e é altamente eficiente, recorrendo a componentes de espuma de grafite. Este mineral é um excelente condutor de calor da água para o ar. O capot não abre, e não permite aceder a nada.

Outra novidade é o sistema das ópticas, denominado Matrix beam LED. Um conjunto de pequenos díodos emissores de luz estão dispostos uns por cima dos outros para produzir um feixe de luz. Microreflectores permitem o posicionamento preciso dessa luz. Os LEDs podem ser ligados e desligados de forma independente para iluminar perfeitamente a estrada em qualquer situação. Numerosos mini-LED estão colocados na parte inferior da óptica, dispostos como um colar de pérolas, para funcionarem como luzes diurnas.

Na lateral, o destaque vai para o Audi Dynamic Light, uma luz que liga as ópticas aos farolins traseiros. Mas esta tem um comportamento curioso. Com o carro desligado o sistema fica preto. Quando o dono se aproxima, a luz fica azul e foca-se no puxador da porta, que se destaca da carroçaria para permitir a abertura da mesma. A luz torna-se laranja com o carro em andamento e pisca para funcionar como indicador de mudança de direcção quando necessário. A luz torna-se vermelha quando se pretende alertar para alguma coisa.

Os farolins traseiros também usam a tecnologia Matrix Beam. Estas luzes são adaptativas, usando um sensor para detectar as condições de luminosidade e ajusta o seu brilho em função disso.

Cinco díodos traseiros simulam a luz de nevoeiro. Quando a visibilidade é boa, a sua luz é invisível. Com chuva ou nevoeiro, o laser usa as partículas da água para tornar visível um triângulo de aviso flutuante!

Interior
O interior também reflecte toda a filosofia deste concept car. É simples, leve, espaçoso e com controlos intuitivos. O painel de bordo está divido em duas secções, sendo uma delas virada para o condutor. Também há um feixe luminoso no interior usando o sistema Audi Dynamic Light, que interagem com o condutor, da mesma forma que o feixe exterior interagem com os restantes condutores.

No interior a Audi tirou partido das vantagens que as tecnologias dos carros eléctricos proporcionam. Não existe por ex o túnel central, dando uma maior sensação de espaço.

O Audi A2 Concept tem até um modo de condução semiautónomo que permite por ex a deslocação em tráfego lento.
Tal como já referimos, o carro tem ligação à internet e disponibiliza um hotspot wireless para os passageiros também se ligarem com os seus dispositivos móveis. Esta ligação também serve para divulgar noticias e outra informação para a consola do veículo. Está disponível o serviço Google Earth ou o sistema de navegação da Audi.

A parte traseira também é versátil, permitindo por ex aumentar o espaço de carga. Mesmo os materiais têm cores e um aspecto que dão a impressão de leveza e funcionalidade.

Motor
A Audi A2 Concept é um veículo 100% eléctrico. O pack de baterias é de 31kWh dos quais 24kWh são usáveis. O motor tem uma potência de 116cv e um binário máximo de 270Nm.

As baterias permitem uma autonomia de 200km de acordo com as normas europeias. Se for usado um carregador rápido, as baterias carregam em 1h30 na sua totalidade. Numa tomada normal o tempo de carregamento é de 4 horas. O A2 também vem equipado com tecnologia de carregamento wireless (Audi Wireless Charging), tal como Audi Urban Concept.

A Audi sempre foi pioneira na utilização de materiais como o alumínio na concepção de chassis, mas desta vez levou combinou vários materiais na sua construção, sendo composto por alumínio mas também por carbono (CFRP).

O Audi A2 Concept acelera de 0 a 100km/h em 9.3s e tem uma velocidade máxima limitada de 150km/h, para garantir uma maior autonomia.

Até as jantes de 18 polegadas recorrem a tecnologia inovadora. O aro da jante e a parte lateral são fabricados como peças separadas e depois unidos. Desta forma reduzem o material utilizado. Esta tecnologia, poupa 2kg por cada jante, o que se traduz num melhor comportamento do carro.

Trata-se evidentemente de um concept car, mas são estudos como estes que fazem a tecnologia avançar, para que dentro de pouco tempo, estas soluções possam estar disponíveis para todos a um preço acessível.

Nas imagens disponibilizadas estão vários detalhes interessantes do design e tecnologias utilizadas no carro.

One Response to IAA 2011: Audi A2 Concept em detalhe

  1. Revolta-me o facto dos fabricantes se aproveitarem do preço, so porque nós vamos poupar no gasóleo.
    isso são contas nossas, não são deles.
    quem nos vai compensar quando demorar-mos 30min a abastecer a bacteria?, porque o carro não produs energia em andamento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *