Ford aposta na Electrificação

Publicado em 4 de Janeiro de 2017 |

A Ford revelou hoje detalhes de 7 dos 13 novos veículos globais eléctricos que pretende lançar nos próximos cinco anos, incluindo versões híbridas dos icónicos F-150 pickup e Mustang para os EUA, uma versão plug-in hybrid da Transit Custom para a Europa e um SUV totalmente eléctrico, com uma autonomia estimada em pelo menos 482 km, para clientes a nível global.

O construtor anunciou também os planos para um investimento de 700 milhões de dólares (cerca de 665 milhões de euros) na expansão da sua fábrica de Flat Rock (Michigan) numa unidade de produção de veículos autónomos e eléctricos de alta tecnologia, juntamente com os modelos Mustang e Lincoln Continental. A expansão da fábrica criará 700 novos postos de trabalho directos.

Este conjunto de inciativas faz parte de um investimento total de 4.500 milhões de dólares (cerca de 4.275 milhões de euros) em veículos eléctricos a realizar até 2020, oferecendo aos clientes maiores níveis de economia de combustível, desempenho e potência em toda a gama global de veículos Ford. Estes planos fazem parte da estratégia de expansão da companhia para se tornar numa empresa automóvel e de mobilidade, líder em veículos eléctricos e autónomos e oferecendo novas soluções de mobilidade.

Como refere Mark Fields, Presidente e CEO da Ford, “à medida que cada vez mais consumidores de todo o mundo começam a mostrar interesse nos veículos eléctricos, a Ford está apostada em oferecer aos consumidores uma ampla gama de veículos eléctricos, serviços e soluções que melhorem a vida das pessoas.” Fields sublinha ainda que “os nossos investimentos e a expansão da nossa gama reflectem as nossas previsões de que a oferta global de veículos eléctricos irá exceder a de veículos a gasolina dentro dos próximos 15 anos.”

A Ford concentra os seus planos para veículos eléctricos (VEs) nos seus pontos mais fortes – electrificar os seus mais bem sucedidos modelos de veículos comerciais, veículos pesados (pickups e camiões), SUVs e modelos de elevada performance, de forma a torná-los ainda mais eficientes e mais produtivos, bem como mais divertidos de conduzir.

Os 7 veículos eléctricos globais anunciados hoje são:

· Um novo pequeno SUV totalmente eléctrico, a chegar em 2020, concebido para proporcionar uma autonomia estimada em pelo menos 482 km, a ser produzido na fábrica de Flat Rock e comercializado na América do Norte, Europa e Ásia;
· Um veículo autónomo de grande volume concebido para serviços comerciais de transporte partilhado ou por marcação, a iniciar na América do Norte. Este veículo híbrido sera apresentado em 2021 e será produzido na fábrica Flat Rock
· Uma versão híbrida da best-seller F-150 pick-up disponível a partir de 2020 para comercialização na América do Norte e Médio Oriente. Produzida na fábrica Dearborn Truck Plant da Ford, a F-150 Hybrid proporcionará grandes capacidades de reboque e de carga, e poderá operar como gerador móvel;
· Uma versão híbrida do mítico Mustang, com a potência de um V8 e ainda mais binário a baixo regime. Produzido na fábrica de Flat Rock, o Mustang Hybrid será apresentado em 2020 e, inicialmente, estará disponível apenas na América do Norte;
· Uma versão plug-in hybrid da Transit Custom a disponibilizar em 2019 na Europa, desenvolvida para ajudar a reduzir os custos de operação mesmo nas vias de circulação mais congestionadas;
· Dois novos veículos policiais de perseguição. Um dos dois novos veículos híbridos para a polícia será produzido em Chicago; ambos serão dotados de todo o equipamento específico para serviço policial, conteúdos a aplicar pelo centro exclusivamente dedicado à transnformação de veículos policiais da Ford, em Chicago.

Para além do acima exposto, a Ford anuncia que a sua gama global de veículos de passageiros será formada pelo primeiros híbridos da marca a contar com motores EcoBoost® em vez de motores normalmente aspirados, incrementando a performance e a economia de combustível.

A Ford planeia, igualmente, uma agressiva acção no que respeita ao desenvolvimento, à escala global, de soluções e serviços para os veículos eléctricos. Estes planos incluem a gestão de frotas de VEs, planeamento de trajectos e soluções de telemática.

Construindo o Futuro
O lançamento da nova era de veículos será apoiada pela criação de 700 novos postos de trabalho directos nos EUA e por um investimento de 700 milhões de dólares (cerca de 665 milhões de euros) durante os próximos quatro anos, criando o novo Manufacturing Innovation Center na linha de montagem de Flat Rock. Nesta nova unidade, os trabalhadores vão produzir o novo pequeno SUV com autonomia da bateria alargada e o veículo totalmente autónomo para transporte por marcação ou transporte partilhado, a par com o icónico Mustang e o Lincoln Continental.
Para Jimmy Settles, Vice Presidente do UAW (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Automóvel Norte Americana), do National Ford Department, “é uma imensa satisfação saber que conseguimos garantir mais postos de trabalho no âmbito da nossa organização UAW-Ford para trabalhadores americanos.” De acordo com Settles, “os homens e as mulheres da fábrica de Flat Rock mostraram um grande empenho na produção de produtos de qualidade e estamos plenamente confiantes na continuação do seu sucesso com uma nova geração de veículos de alta tecnologia.”
Este investimento acrescido na Linha de Montagem de Flat Rock decorre do investimento de 1.600 milhões de dólares (cerca de 1.520 milhões de euros) que a empresa tinha anteriormente planeado para a construção de uma nova fábrica no México. A Ford anunciou hoje o cancelamento dos planos para a construção dessa nova fábrica em San Luis Potosi (México).

A marca anunciou também que, de forma melhorar a rentabilidade da empresa e assegurar o sucesso comercial e financeiro do modelo, a próxima geração do Focus será produzida na fábrica, já existente, de Hermosillo (México). Esta opção dará lugar a dois novos produtos icónicos para a Linha de Montagem de Wayne (Michigan), onde o Ford Focus é actualmente produzido, e garante a manutenção de cerca de 3.500 postos de trabalho nos EUA.

Tecnologia Eléctrica exclusiva
Apoiada em duas décadas de experiência, a Ford está a aplicar os ensinamentos obtidos de forma a apresentar tecnologia patenteada, software e serviços, capazes de apelar aos clientes de veículos comerciais, de SUVs, entusiastas da performance, frotas de grande volume, e a todos os outros.

Nas palavras de Raj Nair, Vice Presidente Executivo de Desenvolvimento de Produto e Chief Technical Officer, “enquanto outros parecem estar mais interessados em proezas de marketing e números, nós estamos realmente focados em proporcionar aos clientes mais do que eles gostam nos seus modelos Ford. Isto sgnifica mais capacidade de trabalho para as pick-ups e pesados, mais produtividade para os veículos comerciais e mais performance para os modelos desportivos, para além de maior economia de combustível.”

Este ano, a Ford começa a testar a sua nova geração de tecnologia VE. Na Europa, antes dfo final deste ano, a Ford vai colocar na estrada a Transit Custom plug-in hybrid, e também um conjunto de serviços de mobilidade, telemática e soluções de conectividade.

Adicionalmente, em Nova Iorque e em diversas outras grandes cidades dos EUA, a Ford está a testar uma frota de 20 táxis Transit Connect híbridos e protótipos de veículos “van”, tendo como palco algumas das mais difíceis situações de trânsito a nível mundial.

Estas unidades Transit Connect têm como base o sucesso obtido pelo primeiro taxi híbrido do mundo – o Ford Escape Hybrid – o qual foi também o primeiro SUV híbrido do mundo e o primeiro híbrido produzido nos EUA. Muitos desses taxis Escape Hybrid estão ainda ao serviço, cada um com bem mais de 500.000 km percorridos no transporte de passageiros, e ainda com as bateriais originais.

Nos EUA, a Ford é actualmente a marca que mais vende modelos plug-in hybrid e a segunda marca em vendas totais de veículos eléctricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *