Fabricantes de baterias A123 entra em falência

Publicado em 16 de Outubro de 2012 |

Quem acompanha os veículos eléctricos leu certamente as notícias que mostravam o sucesso da empresa A123. Teve uma estreia em bolsa auspiciosa e há pouco mais de um ano, tinha vários contratos garantidos.

No entanto as notícias ontem não foram as melhores para esta empresa, pois a empresa declarou falência. Será a empresa Johnson Controls Inc que vai adquirir o negócio das baterias da A123.

A A123 foi fundada em 2001 apoiada pelo M.I.T. e tem a sua sede em Walther, Massachussetts, empregando cerca de 2400 pessoas em todo o mundo.

A empresa acumulou perdas na ordem dos 857 milhões de dólares nos últimos 3 anos e o valor em bolsa diminuiu 98%. Foi efectuado um grande investimento, mas a escassa venda de veículos eléctricos e o retrocesso de muitos fabricantes nesta área, aliado à falta de pagamentos, catapultou a empresa para o abismo.

Os problemas com o Fisker Karma na sua apresentação, equipado com baterias A123 também não ajudou. Só a troca das baterias com defeito custará à empresa praticamente 70 milhões de dólares.

Houve ainda uma tentativa de vender 80% do negócio aos chineses da Wanxiang Group, mas o negócio falhou.
À partida a JCI continuará a apostar nas fábricas e tecnologia da A123.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *