Chega a Portugal a rede social para carregar o seu veículo eléctrico!

Publicado em 27 de Junho de 2012 |

Depois do sucesso no Reino Unido, Holanda e Alemanha, a maior comunidade europeia de carregamento de veículos eléctrico está a chegar a Portugal. O portal online e a aplicação para smartphones (iPhone e Android) fornecem aos seus utilizadores mais de 13000 pontos de carga públicos e privados por toda a Europa.

Com apenas alguns cliques, um utilizador da PlugSurfing é agora capaz de encontrar informação sobre qualquer ponto de carga instalado num mapa interactivo e mesmo acrescentar a sua própria tomada à base de dados.

Além de ser o maior mapa interactivo da Europa com estações de carga, o serviço também oferece uma série de funções à sua comunidade para a sua utilização diária. “Depois dos PlugSurfers terem carregado”, afirma Thiago Câmara, representante da comunidade em Portugal, “eles também podem imediatamente utilizar o serviço para classificar e comentar o ponto de carga. Podem carregar fotos do local ou utilizar a aplicação para recomendar o ponto de carga a um amigo. Ao utilizar estas funções, o condutor de um carro eléctrico encontra, sem esforço, pontos de carga seguros e de confiança. Se, por exemplo, uma estação de carga estiver fora de serviço, então informe os seus companheiros PlugSurfers!’ .

O serviço é totalmente gratuito para download e para utilização e fornece informação atualizada e detalhes técnicos para os pontos de carga, assim como uma informação e detalhes do perfil da pessoa que fornece a tomada.

Os utilizadores podem:

* Procurar pelas mais de 13000 estações de carga espalhadas pela Europa e encontrar aquela que se encontra mais perto da sua localização.
* Adicionar o seu próprio ponto de carga à base de dados.
* Classificar e comentar os pontos de carga
* Recomendar pontos de recarga a amigos
* Criar um perfil pessoal.

Através do envolvimento dos membros da comunidade, a base de dados de pontos de carga está continuamente a expandir-se O objectivo de abranger toda a infra-estrutura de carga da Europa está a ficar mais próximo e o serviço procura agora cooperações com fornecedores de energia, empresas de telecomunicações e conselhos locais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *