Campeonato FIA de Fórmula E

Publicado em 12 de Setembro de 2014 |

No próximo dia 13 de Setembro, o desporto automóvel entrará numa nova era com a primeira corrida FIA de Fórmula E, organizada na China, nas ruas de Pequim. Disputado com monolugares eléctricos de 200 kW (270 cv), este campeonato surge como um suporte de pesquisa e de desenvolvimento para os veículos “zero emissões”. A Renault, cujo compromisso no desenvolvimento da mobilidade eléctrica é amplamente conhecido, aplicou todos os seus conhecimentos técnicos na concepção do Spark-Renault SRT_01E, que será utilizado pelas dez escuderias participantes na competição. A Renault é também name sponsor da equipa e.dams, criada por Alain Prost e Jean-Paul Driot.

perguntas para Patrice Ratti, director geral da Renault Sport Technologies

Da Fórmula 1 às World Series by Renault, a Renault está fortemente empenhada no desporto automóvel. Quais foram as razões que vos levaram a apostar no campeonato FIA de Fórmula E?
“A nossa presença em múltiplas competições justifica por si só o nosso interesse pela Fórmula E. Para a Renault, fazer parte desta aventura era uma evidência. Trata-se de uma experiência única, extremamente inovadora, que cria um novo rosto para os desportos mecânicos. Esta orientação é perfeitamente coerente com o desenvolvimento da gama 100% eléctrica Renault Z.E., que conta já com quatro modelos.”

Como decorreu a colaboração entre os engenheiros da Renault Sport e as outras entidades envolvidas na concepção do monolugar?
“Pode dizer-se que o Spark-Renault SRT_01E é obra de todos. Renault, Dallara, McLaren, Williams, Michelin. E não é por acaso que tantos nomes históricos do desporto automóvel se reuniram em torno de um projecto decididamente voltado para o futuro. Cada um, na sua área de actuação, esforçou-se por optimizar o mais ínfimo pormenor susceptível de oferecer às equipas monolugares fiáveis e eficientes. E o nosso trabalho não fica por aqui: estaremos presentes em todas as corridas para oferecer aos concorrentes uma assistência técnica semelhante à que prestamos nos campeonatos que organizamos.”

A Renault é parceiro fundador e técnico do campeonato de Fórmula E, mas também name sponsor da equipa e.dams-Renault…
“De facto, pretendíamos mostrar o nosso empenho neste novo campeonato e beneficiar de uma maior visibilidade mediática. Também por isto, eram evidentes as vantagens de uma associação com a escuderia de Alain Prost e Jean-Paul Driot. Alain Prost tem uma longa história em comum com a Renault e é também embaixador da Marca. O palmarés destes dois grandes nomes fala por si e nós sabemos que não se pouparão a esforços para fazer brilhar a e.dams-Renault.”

Formula E

Lembramos a cronologia de alguns dos factos ligados à Formula E

Julho de 2011 A FIA apela a candidaturas para a organização de um campeonato de carros eléctricos
7 de dezembro de 2011 Oficialização do campeonato de Fórmula E
27 de agosto de 2012 Assinatura do acordo entre a FIA e a Formula-e Holdings
Novembro de 2012 Assinatura do acordo entre a Formula-e Holdings e a Spark Racing Technology
15 de maio de 2013 Assinatura da parceria entre Formula-e Holdings, Spark e Renault
10 de setembro de 2013 Revelação do Spark-Renault SRT_01E no Salão de Frankfurt (Alemanha)
24 de outubro de 2013 Criação da equipa e.dams
20 de novembro de 2013 Primeiros testes do Spark-Renault SRT_01E em Ferté Gaucher (França)
6 de janeiro de 2014 Demonstração pública do Spark-Renault SRT01_E em Las Vegas (EUA)
16 de maio de 2014 Entrega dos 10 primeiros monolugares às equipas
30 de junho de 2014 Apresentação da escuderia e.dams-Renault
3-4 de julho de 2014 Testes colectivos em Donington (Grã-Bretanha)
9-10 de julho de 2014 Testes colectivos em Donington
22 de julho de 2014 Entrega dos 10 últimos monolugares às equipas
19 de agosto de 2014 Testes colectivos em Donington
13 de setembro de 2014 Arranque do campeonato FIA Fórmula E em Pequim (China)

Mais noticias sobre a Formula E.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *