Baterias de lítio-ar com 800 km de autonomia

Publicado em 13 de Janeiro de 2012 |

Segundo o New Scientist, os cientistas da IBM prometem um protótipo em escala real destas baterias já no próximo ano, resolvendo assim um dos receios dos utilizadores de veículos 100% eléctricos: que a autonomia destas viaturas não lhes permita chegar ao seu destino. O avançado modelo de baterias de lítio-ar poderá permitir que os veículos eléctricos consigam percorrer até 800 km com uma única carga.

Este tipo de baterias utiliza carbono e oxigénio para produzir corrente eléctrica e, mais importante, as unidades têm uma densidade teórica de energia que é até mil vezes maior do que as de iões de lítio. Isto significa que as baterias de lítio-ar poderão ser significativamente mais pequenas e leves, continuando a ser potentes. Apesar das vantagens, é necessário contornar ainda alguns obstáculos acerca desta inovação, uma vez que estas baterias registam «instabilidades químicas» e suportam poucos ciclos de carga e descarga. Logo, ainda não estão ajustadas à utilização de veículos eléctricos.

As melhores baterias disponíveis actualmente são do tipo iões de lítio, ideais para telemóveis, razoavelmente boas para notebooks, mas ainda consideradas insuficientes para veículos eléctricos, uma vez que não conseguem superar os 200 km de autonomia. As baterias de lítio-ar têm poderão ter aplicação comercial por volta de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *