30 anos de electromobilidade na BMW

Publicado em 25 de Março de 2012 |

Podemos até pensar que a BMW foi um dos últimos fabricantes a considerar os carros eléctricos, mas o que é certo, é que a BMW está envolvida em projectos de carros eléctricos desde os anos 70.

Foi nessa década que começaram os testes da BMW com a mobilidade eléctrica, que conta até com alguns momentos curiosos.

Foi o caso de uma conversão para motor eléctrico que aconteceu para ser exibida por altura dos jogos Olímpicos de Munique em 1972. O carro escolhido foi um BMW 1602, ao qual se retirou o motor de combustão e se adicionou um motor eléctrico com 51cv, com um pack de baterias de chumbo. O objectivo do carro era conseguir fazer os 42cv da maratona, um objectivo que parecida difícil de conseguir mas que a BMW acabou por conseguir alcançar.

Depois disso, há também referências para o BMW E1, divulgado em 1991, uma montra tecnológica que possuía por exemplo um sistema de travagem regenerativa. Este modelo, lançado há mais de 20 anos, continua a ter um aspecto bastante moderno e interessante. Já nessa altura, as baterias de chumbo permitiam ao E1 uma autonomia de 200km.

Actualmente a BMW desenvolve e testa a tecnologia ActiveE, que terá nos modelos BMW i3 e BMW i8, os primeiros marcos.

One Response to 30 anos de electromobilidade na BMW

  1. Robin dos Bosques says:
    Muito bom!!! É que eu tenho um BMW 320i Cabrio e… se puder tirar o motor de combustão e colocar um elétrico, como dizem que algumas Universidade Portuguesas já fazem, é já a seguir. É QUE É JÁ A SEGUIR!! Mais, se as Universidade precisam de financiamento, em vez de andarem a ROUBAR os alunos aumentando a propinas, deviam financiar inicialmente algumas ideias destas e depois fornecer uns serviços (pagos) à comunidade e VENDER posteriormente estas ideias aos privados. É assim que se combate A CRISE, capice?!? COELHO?!?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *